O SOM DO CORAÇÃO

O SOM DO CORAÇÃO
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre." (Clarice Lispector)

PARCEIROS DO CORAÇÃO

quinta-feira, 24 de junho de 2010

"DOCE MONÓLOGO"

Amanhã outro dia
Buscas  inquietantes
Compartilhada serão
Delicados devaneios
E valor tem as idéias
Falarás contigo de si
Grita liberdade como se
Hoje fosse o último dia
Incomparáveis decisões
Já vista com permissão
Lentamente o acharás
Memoráveis dias virão
Nada aqui impedirás
Otracismo agora não
Primeiro determine alto
Quero desejo emoção
Realizações não apenas
Ser sozinha sem graça
Tal qual a triste solidão
Uma vez assim com raça
Venho enfim  não mais
Xaveco o meu coração
Zás! realizo aqui então.
          IT

18 comentários:

  1. Temos que estar sempre atentos ao hoje,,viver intensamente o agora,,,e esperar que dias melhores sempre venham,,,beijos de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  2. Oi,Irlene. Pode até ser um monólogo, mas soou como num trombone a outros corações, portanto já já esse monólogo vira um diálogo dos bons, como o poema pede. Lindo poema como sempre. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Muito forte e determinado poema. Amei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Admirável e Sensível Amiga:
    "...Compartilhada serão
    Delicados devaneios
    E valor tem as idéias
    Falarás contigo de si
    Grita liberdade como se
    Hoje fosse o último dia
    Incomparáveis decisões
    Já vista com permissão
    Lentamente o acharás
    Memoráveis dias virão
    Nada aqui impedirás..."

    Uma poesia soberba de imensa significação.
    É perfeita no que concebe com pureza e beleza.
    Parabéns.
    Com respeito e estima enormes de deslumbre poético.
    Sempre a admirá-la pela beleza dos seus poemas maravilhosos.

    pena

    MUITO OBRIGADO pela sua preocupação simpática.
    Bem-Haja, doce amiga de bem.
    Adorei.

    ResponderExcluir
  5. Monologar imponetemente... assim que tem que ser.


    até mais.

    Jota Cê

    ResponderExcluir
  6. Dois monólogos não fazem um diálogo.

    ResponderExcluir
  7. Minha querida
    Muito profundo o teu poema...adorei.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  8. Um beijo carinhoso de bom dia,,,otimo fianl de semana e um otimo jogo tambem...

    ResponderExcluir
  9. Concordo com Carlos, meu Menino Beija-Flor, seu monólogo soou como um verdadeiro diálogo. Gostei bastante do seu poema, parabéns. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  10. oi querida vimn agradecer sua visita.. parabens pelo seu poema..um doce monologo.. uma busca inquietante.. mas de realização..beijos..Maria Bonfá

    ResponderExcluir
  11. Olá Querida IT, minha poetisa, é muito bom ler o que escreves, seja aqui no texto, ou nos teus comentários. Eu estava um bocadinho triste,mas já não estou, fiquei logo bom com teu comentário, e os três beijinho, obrigada, o passarinho contou a verdade,eles sabem qual é meu estado de saúde físico ou moral, eu estou sempre perto deles, e dou-lhes comida, até vêm comer na minha mão.
    Aproveito para deixar aqui uns beijinhos, a mais porque eu vou estar alguns dias ausente.
    São no mínimo dez dias.

    Boa noite, muitos beijinhos,
    José.

    ResponderExcluir
  12. Prazer iniciar com "feedback" com o poeta dos sonhos e das madrugadas,,,Certamente dias
    melhores virão, meu amigo. Obrigada por compartilhar aqui, os meus rabiscos,,,Abração!

    ***

    Carlos Soares- Pois então menino, quem sabe nas entrelinhas, o meu "monólogo" pretendia era isso mesmo....vai entender devaneios e rabiscos de IT
    Abração!

    ***

    Wanderley- é verdade wander. palavras fortes, porque desejou e determinou...Bjos

    ***

    Pena- estimado amigo Pena! suas palavras como todas escritas aqui, tem peso e sabedoria.
    Grande Abraço! com apreço e admiração.

    ***

    Rebeca e Jota Cê- casal 20, na arte e na vida real.... não foi imponente não amigos.Obrigada pelo carinho. Abração ao cubo.

    ResponderExcluir
  13. Oi Maurício! prazer tê-lo aqui...
    É verdade Maurício, dois monólogos não fazem um diálogo. viver, falar, amar a dois é bem melhor.
    Forte Abraço de IT

    ***

    Sonhadora- Obrigada Poetisa do "Rosa Solidão"
    admiração minha por você.

    ***

    Anita- quem rabisca monólogos ou diálogos tenta mostrar desejos, sonhos e emoções.Obrigada pelas palavras e visita. Volte qdo quiser. Abraço

    ***

    Valeuuu! meninas do "bloggirls" nas palavras a querida Maria Bonfá. beijos de IT á todas.


    José- Muito obrigada! amigo José. Seus beijinhos sempre serão bem-vindos.Honra tê-lo no "Som do Coração" certamente sentirei sua falta.

    ResponderExcluir
  14. Um super beijo de lindo sabado pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  15. Chega final de semana e lá vem minha vontade de compartilhar coisas que acho interessantes. "Locks of love" fica na Coreia do Sul, numa torre em Seul, onde você escreve o seu nome e o nome da pessoa que você ama, coloca na cerca e joga a chave fora. E assim são as criatividades pelo mundo afora:

    Veja algumas fotos:

    http://www.flickr.com/search/?q=seoul%20tower%20love%20locks&w=all&s=int

    Beijo imenso, menina linda.

    Rebeca

    -

    ResponderExcluir
  16. Outro beijo Everson, dia lindo pra ti tb amigo.

    ***

    Ok Rebeca e Jota Cê, vou olhar sim.Obrigada pela indicação. bjs pra vcs também uai.

    ResponderExcluir
  17. Mais um texto reflexivo, merecedor de um selo, que deixo pra ti lá no meu blog, venha buscá-lo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Obrigada! Mariane, Irei sim. Beijos

    ResponderExcluir

Deixe aqui o "som do seu coração"