O SOM DO CORAÇÃO

O SOM DO CORAÇÃO
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração. Não me façam ser quem não sou. Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente. Não sei amar pela metade. Não sei viver de mentira. Não sei voar de pés no chão. Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre." (Clarice Lispector)

PARCEIROS DO CORAÇÃO

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

AUSÊNCIA


                                                      Ausência no fundo uma grande presença                                                    
Ausência do sonho presença de ausência.
Incessante agonia, constância de sentença
Quisera  denunciar uma constante ausência
Deixo tudo, o meu olhar sozinho, intenso.
Uma dor no coração se expande é densa.
Ausência, porque insiste ser presença?
Por que desnuda minha alma intensa!
Perco-me na tua  ausência....
E me encontro na tua presença.
Deixo o que é inexistente, 
deixo ausente.
Transformar a perda em recompensa.
Eu só quero estar de novo contente...
Saudade de tempo não presente,Ausente.

(IT)

20 comentários:

  1. Oiê,

    ...Ausência de ti que me deixa na carência...
    Poema intenso e bem presente,

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. É difícil quando a ausência insiste em estar presente, não dando paz ao coração.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. lindo como todos...como estas?vjs!

    ResponderExcluir
  4. ... apenas sei que ausência de mim, não mais sentirei...

    ResponderExcluir
  5. Quando sentimos intensamente a fala de alguém... Tudo ao redor muda de cor e sabor.
    Estimo que essa fase passe...Dando lugar ao calor da presença.
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  6. Belisimo poema,,,cheio de nuances do amor,,,temos mesmo que transformar essa ausencia,,,esse vazio em algo que nos fortaleça a seguir,,,a continuar levando o sonho adiante,,,beijos de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  7. Essa ausência é que me deixa carente.

    Bom dia amiga, tudo bem?

    beijooo.

    ResponderExcluir
  8. Querida IT

    Tudo o que o tempo não consente
    é tudo o que desejas para ti...
    estar ao mesmo tempo longe e presente
    de tudo quanto sentes dentro de ti!


    BjO´ss
    AL

    ResponderExcluir
  9. Doce Amiga:
    Peço desculpa por só comentar agora.
    Efectuou um lindo Post em que a sua presença em todo o lado é necessária e imprescindível.
    Parabéns pela sua amabilidade e simpatia.
    Uma ausência que não seja a sua, POR FAVOR.
    Beijinhos amigos agradecidos pela sua compreensão.
    Saio deslumbrado pela sua ternura que a faz admirar em todo o lado por onde passa.
    Sempre a respeitá-la.

    pena

    Lindíssimo o que é e escreveu.
    Bem-Haja, fabulosa amiga soberba e majestosa.
    Adorei.

    ResponderExcluir
  10. Perfeito, amiga Irlene. O vazio é um fardo muito pesado. Parabéns. beijos

    ResponderExcluir
  11. "O amor e a verdade estão unidos entre si,
    como as faces de uma moeda.
    É impossível separá-los.
    São as forças mais abstratas e
    mais poderosas desse mundo."

    (Mahatma Gandhi).

    Um gde abraço amiga querida.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  12. Beijo carinhoso de bom final de semana pra ti querida....

    ResponderExcluir
  13. Olá menina IT!

    Este lindo presente vou guardar
    onde tenho tanta coisa linda
    a quem o ofereceu me irei lembrar
    para o resto da minha vida

    O som desse lindo coração
    que bate bate tão certinho
    vem espantar minha solidão
    onde às me encontre sozinho

    É bom sentir essa presença
    mesmo por um breve momento
    nunca é uma completa ausência
    quando está no pensamento

    Um beijinho, e mais outro,
    José.

    ResponderExcluir
  14. Erico

    Carência essa, que pode ser suprida trocando algumas "conjecturas poéticas" não é mesmo poeta?! rssss beijos

    *****

    Wanderley
    É isso mesmo Wander, uma ausência insistente que martiriza o coração.Abração!

    ****

    Olá menina Márcia! menina do mar.
    Estou "ausente" eu sei! logo se torna presença.
    Beijokas

    ResponderExcluir
  15. Mariane

    Ei menina! de cores lindas.
    Espero e desejo que não mais....não mais!

    ****

    Tatiana
    Muda sim! tudo em volta fica cinzento.Logo a ausência, se transformará em presença, não mais ausente,e novas cores terão, presente.beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Everson, poeta dos sonhos, fico feliz que gostou! obrigada meu caro.Sigamos todos presente, não mais ausente. Um dia presente de alegrias pra ti. Beijos

    ****

    Ana, amiga querida! não fica assim não,ausência no fundo, é uma grande presença. beijos

    ResponderExcluir
  17. A.S.
    Fizeste leitura de uma "ausência presente" nas entrelinhas....uma alma que se perdeu na própria ausência, e precisa encontrar um coração presente.
    Beijos menino de visões. rs

    *****

    Pena,
    amigo querido, não carece explicar, sinta -se sempre a vontade.Comente somente se desejar.Tudo que disse é verdadeiro.És uma pessoa amável sem dúvida nenhuma!Não ausentarei de sua amizade leal.Obrigada pelo carinho e afeto que tens por mim. Abraço carinhoso de IT

    ResponderExcluir
  18. Carlos "menino beija-flor'
    Um fardo pesado porque a dor no coração de quem sente ausência, dói,expande é densa.Bjos

    ****

    José, caro josé!menino de versos timbrados com elegância. Quisera saber José, escrever versos e lhe dizer, o quanto tu és educado e elegante. beijinhos ao poeta de palavras lapidadas.

    ResponderExcluir
  19. Olá querida IT, eu é que estou um pouco ausente. Na verdade, eu acho que a cada momento estamos suprindo uma ausência. O próximo passo,será uma nova realização e preencherá a ausência do anterior...

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  20. Oi C@urosa

    Está ausente a tempos amigo!
    Quem sabe suprindo ausência mais urgente,não é mesmo. Abraços de IT

    ResponderExcluir

Deixe aqui o "som do seu coração"